Egresso Kairo Ribeiro

Ingressar em uma faculdade, principalmente na área que você gosta, é o sonho de muitos brasileiros. É na instituição de ensino que a carreira profissional começa a dar os primeiros passos, seja por meio de projetos de extensão ou por estágios, experiências que se somam e formam um bom profissional.
Mas para que isso aconteça, o futuro aluno precisa, antes de tudo, escolher a melhor instituição de ensino para pôr em prática o seu sonho acadêmico. E foi isso que o Kairo Ribeiro, egresso de Engenharia Civil da FEITEP, fez assim que decidiu que queria se tornar engenheiro civil.
Iniciando a vida profissional como técnico de segurança, Kairo sempre se enxergou como Engenheiro de Segurança do Trabalho, profissão que só pode ser exercida após graduação em Arquitetura ou Engenharia – Civil, Elétrica, Mecânica, Química e outras – e depois da realização de uma Pós-Graduação também no campo.
“Como eu sempre quis seguir na área, decidi escolher a Engenharia Civil, pois é uma profissão que possui um leque de oportunidades”, diz Kairo, que hoje também atua como Engenheiro de Segurança de Trabalho para uma importante empresa de mais de 300 funcionários. “Além de ter conseguido atingir os meus objetivos, eu também consegui explorar outros setores, e, atualmente, construo casas de alto e baixo padrão”, destaca o engenheiro.
Por que a FEITEP?
Morando em uma cidade onde há diversas faculdades que ofertam Engenharia Civil, a decisão de se matricular na FEITEP veio após uma vasta pesquisa, que destacou a instituição em variados âmbitos, como infraestrutura e metodologia.
“Escolhi a FEITEP por ela ser a única faculdade da região especializada em engenharias. Lembro que visitei os laboratórios da FEITEP e fiquei muito satisfeito com o que eu vi”, recorda o egresso.
Com uma próspera passagem pela Instituição, atualmente Kairo trabalha ao lado de vários professores e iniciou uma pós-graduação em Patologia.
“Sempre tive uma ótima relação com os docentes, tanto que fechamos várias parcerias. Sou muito orgulhoso dessa jornada, que não foi fácil, mas que com certeza valeu a pena”, comemora Kairo, que relembra as suas primeiras experiências profissionais. “É até engraçado falar sobre isso, mas eu sofri nas primeiras obras. Entretanto, aprendi muito com os meus erros, principalmente por ter apoio dos professores. Sou grato a FEITEP por tudo, não teria chegado até aqui sem a instituição”, diz.
Quer saber mais sobre os nossos egressos? Fique ligado no Blog da Feitep!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *