Egresso Gabriel Andrade

O início da vida profissional do engenheiro civil Gabriel Luciano Andrade é um bom exemplo do que nós da Faculdade FEITEP sempre incentivamos e dizemos em nossas publicações das redes sociais: o estágio é muito importante para um graduando, tanto para o decorrer do curso, quanto para o começo de carreira.

Formado pela FEITEP, Gabriel defendeu seu TCC no fim do ano passado e colou grau no início de 2021. Mesmo com apenas oito ou nove meses de formado, ele já tem um projeto discutido e aceito pela Prefeitura de Mandaguaçu (cidade a pouco mais de 21 km de Maringá) e prestes a ser implantado no município.

É claro que isso não aconteceu da noite para o dia. Enquanto era estudante da FEITEP – Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Tecnologia, o jovem começou a estagiar na Prefeitura de Mandaguaçu, onde ficou por dois anos e depois foi contratado como prestador de serviços de projetista. Atualmente, formado, sua empresa presta serviços de engenharia civil para a prefeitura.

O projeto de Gabriel, que já foi aprovado, é o trabalho que apresentou como um dos requisitos para sua graduação, o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que sugere algumas modificações nas vias principais de Mandaguaçu, para uma melhoria no fluxo de automóveis e pedestres.

“O reconhecimento é ótimo. Ótimo saber que algo que eu produzi e me dediquei na FEITEP vai ser implantado e vai ficar um bom tempo na minha cidade, na cidade que eu moro. E é algo que vai trazer benefícios para a sociedade”, revela Gabriel.

Entre essas modificações estão a implementação do sistema binário, fazendo com que as vias principais, Avenida Munhoz da Rocha e Avenida Sete de Setembro, tenham apenas um sentido, diferentes entre elas. Conta também com a retirada do estacionamento em escamas de um dos lados da Avenida Munhoz da Rocha, implementando uma ciclovia, e implementação de sistemas de sinalização.

Todas essas mudanças vão diminuir o fluxo entre as ruas perpendiculares, residenciais, aumentando a segurança dos moradores e pedestres dessas vias secundárias.

Existe, também, alguns projetos para o futuro, como a ampliação da ciclovia, que permitirá o trânsito de bicicletas de Mandaguaçu a Maringá.

Com menos de um ano de formado, Gabriel tem uma empresa, onde é engenheiro civil autônomo, com escritório próprio, um projeto de melhorias urbanísticas implementado em sua cidade, Mandaguaçu, e participação na instalação de uma usina de energia solar na cidade. Apenas por enquanto.

E tudo começou com uma boa formação, um estágio e muito estudo e dedicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *